Dicas de como evitar erros ao procurar emprego

Procurar emprego ganhou contornos diferentes de quando nossos pais iam até um estabelecimento, entregavam um currículo em papel impresso ou preenchiam uma ficha. O profissional deve ter currículo atualizado para ter mais chances de ser visto.
“Atirar” para todos os lados não ajuda na recolocação no mercado.

Quem tem uma carreira mais avançada deve mostrar o que tem a oferecer para as empresas.

1. Candidatar-se aleatoriamente nas vagas

Não importa quão desesperado você está. Você simplesmente não pode se candidatar para cada trabalho existente e que ofereça uma chance – porque, acredite, nem todos são boas chances. Encontre um emprego que não somente se encaixa em sua carreira, mas também uma função e uma empresa nas quais você acha que se encaixaria bem.

2. Ter um currículo “pau-para-toda-obra”

É o que muita gente costuma fazer – um currículo que pode ser atirado para qualquer lado. Mas lembre-se, você não está se candidatando aleatoriamente a empregos, né? Então você deve adequar seu currículo às necessidades de seus empregadores potenciais sendo mais específico, acrescentando ou retirando o que considere mais apropriado a cada um.

3. Ignorar sua vida online

Não tem tempo para isso? Errado. Você não só precisa manter uma presença online, mas precisa atualizá-la constantemente. Você é um perito na sua área? Ótimo – mas de nada vale isso se você não se mostrar para mais gente ou não fazer valer suas ideias e opiniões.

4. Ignorar o networking

Fazer networking é provavelmente uma das maneiras mais eficazes de achar seu emprego dos sonhos – e também uma das mais difíceis. É que você precisará estar muito (muito mesmo) em contato com outras pessoas (e de modo focado, efetivo) para mostrar exata e profundamente o que você quer do futuro. Dá trabalho, mas compensa.

5. Não conhecer a empresa que se candidata

Esse ponto provavelmente é mencionado em cada uma das listas que falam sobre erros no momento de procurar emprego – mas é real, a maioria das pessoas simplesmente não pesquisa em detalhes a empresa onde se candidata. E hoje não é suficiente apenas visitar o site “por alto”. Você deve se juntar à empresa nas mídias sociais, por exemplo, e ler muitas notícias sobre ela.

6. Esteja aberto a propostas

As propostas de salário em meio à crise econômica não costumam ser muito animadoras, mas é preciso colocar na balança e ter a consciência de que continuar desempregado com certeza é menos vantajoso do que ganhar abaixo do esperado.

7. Vagas temporárias

Com a proximidade das festas de final de ano, a demanda do mercado aumenta e consequentemente o número de vagas temporárias também, tanto no comércio quanto na indústria. É preciso aproveitar a oportunidade, as empresas costumam efetivar grande parte dos empregados temporários.

8. Comportamento na entrevista

A decisão do recrutador e do gerente responsável pela vaga é totalmente influenciada pelo comportamento do candidato na entrevista. Nunca haja como se já estivesse preparado para tudo, é importante reconhecer e expor os pontos a desenvolver, mas não passe maior parte da entrevista falando sobre seus pontos negativos. Dê destaque a todas as suas habilidades como profissional!

Testa lembra que não existe uma estratégia pronta para buscar emprego, os profissionais devem utilizar todas as ferramentas que estão ao seu alcance. “Não existe uma fórmula mágica na hora da busca. Existem várias ferramentas e cada pessoa precisa analisar quais podem trazer mais retorno para sua área e para o tipo de emprego que ela procura.

Dicas de como evitar erros ao procurar emprego
5 (100%) 3 votes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here